Escola

Evite esses erros inscrevendo seus filhos em atividades extracurriculares


Após mais de 20 anos de experiência no sector da Educação Não Formal, também designada por actividades extracurriculares, pude constatar a grande evolução que esta vertente da educação tem desenvolvido, tanto na vertente da profissionalização do sector, como na a intenção educativa das atividades, e na variedade, novidade e investigação nas diferentes propostas que se apresentam a cada ano à comunidade educativa. Ainda assim eu continuo assistindo alguns erros que os pais cometem ao matricular os filhos em atividades extracurriculares. E, em minha opinião, critérios errados são levados em consideração na escolha de um ou de outro.

Esses são alguns dos erros que muitos pais cometem ao escolher que aula ou atividade seus filhos irão frequentar depois do fim das aulas.

1. O que eu gosto
Aqui temos o erro mais comum, que é que os pais tendem a pensar que nossos filhos, só pelo fato de serem eles, gostam da mesma coisa que nós.

O exemplo mais repetido neste caso, e que soará familiar para todos nós, é aquele com o pai apontando o filho para o time de futebol porque ele é apaixonado por esse esporte. Sem entrar em maiores detalhes, este é o exemplo mais claro: a criança acaba de completar 4 anos e já está vestida de jogador de futebol e quase não adquiriu nenhum padrão físico de movimento. É apenas uma projeção do adulto na criança.

2. O que eu acho que é bom para ele ou ela
Obviamente, somos seus pais e os conhecemos melhor do que ninguém, mas cometemos o erro de matriculá-los em atividades que são supostamente cognitivamente ou fisicamente benéficas, mas que são selecionadas na fase infantil do aluno e, como regra geral, não prosperam e não produzem rejeição. Refiro-me ao tipo de atividades, como aulas de chinês ou alemão, matemática com ábaco, robótica, etc. do que desde muito jovens não costumam gerar hábitos ou conhecimentos consolidados.

3. Faça algo diferente em cada curso
Existem pais que, com o desejo de saberem mais, ou de acumularem mais tipos de experiências, encaminham seus filhos para várias atividades, e a cada ano eles mudam para que o filho saiba mais e não fique entediado.

Na minha opinião, esse critério é muito improdutivo, pois o resultado é que a criança não aprende com nenhuma dessas atividades, nem acaba valorizando-as o suficiente. Este critério se conecta diretamente com o próximo ponto.

4. Eu me empolgo com a novidade
Na verdade, ele está intimamente ligado ao anterior. É verdade que a demanda e a concorrência existente fazem com que a cada ano várias atividades novas. Muitos são muito bons e muito divertidos, mas se meu critério for a novidade, meu filho não ganhará conhecimento em outras atividades.

5. Deixe os amigos irem juntos
É um caso muito claro que todos podemos identificar: o grupo de pais que quer que seus filhos vão juntos para a mesma atividade ou acampamento. Como pedagoga, sou muito a favor das atividades em grupo, dos esportes coletivos, mas nesse caso os critérios estão errados.

Em um grupo de amigos, nem todos têm os mesmos interesses, grau de interesse por um hobby ou paixão por uma disciplina. Para subordinar o interesse individual ao grupo pode retardar o crescimento de uma criança em outra atividade ou disciplina.

Exemplo: Um grupo de 5 amigos que se inscreveu no basquete, com certeza todos não gostam do mesmo, nem todos jogam igual e é possível que haja até um caso em que alguns deles não gostem e só vão porque querem ir com seus amigos para não ficar de fora.

A esta altura, você deve estar se perguntando o que pode fazer para evitar todos esses critérios errados e escolher uma atividade pós-escola que favoreça seus filhos.

O melhor, e eu sempre influencio o mesmo, é pergunte aos nossos filhos. Que você gosta? O que te interessa? Como você se vê daqui a alguns meses nesta atividade? Você já sabe alguma coisa sobre isso? Você acha que é bom para você alguma coisa no seu dia a dia?

E como sempre, fique atento e interessado em como seus interesses e hobbies evoluem.

Você pode ler mais artigos semelhantes a Evite esses erros inscrevendo seus filhos em atividades extracurriculares, na categoria Escola / Faculdade no local.

Vídeo: Como escolher as MELHORES ATIVIDADES EXTRACURRICULARES para seu filho sem LOTAR A AGENDA dele (Outubro 2020).